Pesquise No Blog

Loading

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Número de imigrantes no Brasil aumenta consideravelmente

É um dado que não é de causar espanto, pelo menos eu acho que não... 

O número de imigrantes em nosso país sofreu um aumento 86,7% em relação ao censo de 2000. Desse número, 65,1% são considerados migrantes de retorno (migrantes que nasceram no Brasil, foram morar fora e agora retornam ao país) - O Profissão Repórter fez uma reportagem sobre esse tipo de migração que você pode conferir no vídeo abaixo:





                                                 
Como disse anteriormente, não me causa espanto esse dado por dois motivos: O primeiro deles é que desde o início deste milênio ganhamos notoriedade no cenário mundial como potência econômica, o que até nos rendeu, juntamente com outros países, uma sigla bem famosa atualmente: BRIC. O outro motivo foi a crise econômica de 2008 que, nas palavras do nosso ex-presidente, "lá (EUA e Europa) foi Tsunami, mas aqui vai ser marolinha". 

Relativamente até que foi, já que sofremos sim com a crise, mas não tanto quanto EUA  e a Europa, o que foi fator atrativo de contingente populacional para o nosso país, pois já que as coisas não andam tão bem lá, uma saída para contornar isso seria tentar a vida aqui ou, no caso da migração de retorno, voltar ao país já que com a família por perto se tem uma base de apoio. 

Fato é que viramos um certo atrativo de contingente populacional. Só espero que aqui não aconteça o que vem ocorrendo na Europa e aflorem grupos de extrema direita pregando a xenofobia... Seria tão lamentável quanto ridículo. 

O número de imigrantes cresceu 86,7% de um censo para o outro. O Censo 2010 registrou 286.468 imigrantes internacionais no Brasil. O critério considera indivíduos que residiam no Brasil na data da pesquisa, mas que residiam em um país estrangeiro cinco anos antes. No Censo Demográfico 2000, foi registrado um total de 143.644 imigrantes.

Os principais destinos desses imigrantes foram São Paulo, Paraná e Minas Gerais que, juntos, receberam mais da metade dos imigrantes internacionais do período, seguidas de Rio de Janeiro e Goiás. No Censo 2000, os principais Estados de destino dos imigrantes eram São Paulo e Paraná, seguidos de Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul. 


Do total de imigrantes internacionais registrados no Censo Demográfico 2010, 174.597 nasceram no Brasil. Isto significa que 65,1% dos imigrantes do período são imigrantes internacionais de retorno. No Censo 2000, foram registrados 87.886 imigrantes internacionais de retorno, representando 61,2% dos imigrantes do período. 

Com isto, vê-se que, o número de imigrantes internacionais de retorno, captados pelo Censo Demográfico 2010, dobrou em relação àquele registrado no Censo Demográfico 2000. 

Os principais países de origem dos imigrantes foram Estados Unidos (51.933), Japão (41.417), Paraguai (24.666), Portugal (21.376) e Bolívia (15.753).



Nenhum comentário:

Postar um comentário