Pesquise No Blog

Loading

domingo, 12 de dezembro de 2010

A Culpa é do capitalismo ! Será mesmo só dele ?!?!?!?!

Esta semana o presidente venezuelano divulgou uma nota culpando o capitalismo e sua maneira voraz de produção e consumo pelas fortes chuvas que têm assolado não só o seu país como a sua vizinha a Colômbia, deixando diversos desabrigados e mortos pelos dois países.
Certamente que o capitalismo tem sua parcela de culpa nessa história, pois seu modo de produção aumentou a poluição, agravando o efeito estufa e assim levando ao aquecimento global e os efeitos disso vemos quase que diariamente nos jornais. Mas, será mesmo que é só o capitalismo que é culpado disso ? Ou será que isso também não tem nada a ver com um planejamento habitacional eficiente ? E o que dizer quando um país que vive praticamente da riqueza do petróleo reclama de exploração e alterações climáticas ?
Se isentar da culpa e colocá-la em algo "abstrato" é muito fácil. Principalmente quando o acusado não pode contra argumentar...

CARACAS (Reuters) - O presidente da Venezuela Hugo Chávez culpou no domingo o capitalismo 'criminoso' por fenômenos climáticos globais, incluindo chuvas incessantes que trouxeram o caos ao país, matando 32 pessoas e deixando 70 mil desabrigados.
A área costeira, onde milhões de pessoas vivem de forma precária nas encostas dos morros, foi a mais afetada, e os desabamentos destruíram inúmeras casas.
O carismático líder socialista tomou as rédeas dos esforços de resgate pessoalmente, tendo convidado 25 famílias para se refugiarem no palácio presidencial e ordenado que se abrisse espaço para mais famílias nos ministérios, quartéis e até em um shopping em Caracas.
'As calamidades que estamos sofrendo com essas chuvas prolongadas e cruéis são a mais recente evidência do paradoxo injusto e cruel do nosso planeta', disse Chávez no domingo.
O número do mortos por causa de chuvas como essas na Colômbia, país vizinho à Venezuela, já chegou a 170, sem contar os 19 desaparecidos e mais 1.5 milhão de desabrigados.
'Os países desenvolvidos destroem o equilíbrio ambiental de forma irresponsável em seu desejo de manter um modelo de desenvolvimento cruel, enquanto a imensa maioria das pessoas na Terra sofrem as conseqüências mais terríveis', acrescentou Chávez.
Seus comentários ocorrem no momento em que diplomatas se encontram para discutir o futuro do Protocolo de Kyoto no México, onde está difícil se chegar a um consenso sobre como lutar contra as mudanças climáticas.
'O desequilíbrio ambiental que o capitalismo causou é sem dúvida a causa fundamental desses fenômenos atmosféricos alarmantes', ele escreveu em sua coluna de opinião semanal.
'As economias mais poderosas insistem em um modo de vida destrutivo e se recusam a assumir a responsabilidade.'
Apesar de o discurso de Chávez sempre angariar algum apoio, a Venezuela não parece bom candidato a herói ambiental considerando que o país é um grande exportador de petróleo e sua sociedade é notoriamente consumista.
As chuvas na Venezuela nas últimas semanas aumentaram as paixões políticas. Críticos dizem que o resultado mostra a falta de planejamento do governo Chávez e o fracasso de sua política habitacional depois de 11 anos no poder.

Extraído de msn.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário