Pesquise No Blog

Loading

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

A redução da desigualdade brasileira.

Segundos dados levantados pelo PNUD nosso país reduziu a desigualdade sensivelmente na última década. Para se ter uma ideia, a diferença entre a melhor cidade colocada e a pior cidade colocada foi reduzida pela metade ao longo da última década. 

Indicadores como a economia, a expectativa de vida e a escolaridade também melhoraram sensivelmente. Contudo, as disparidades ainda persistem, não só entre as regiões brasileiras, mas dentro das regiões brasileiras também. 

Ainda segundo o relatório, o país parece estar no caminho certo para a redução da desigualdade, mas muito ainda precisa ser feito. O relatório também aponta que políticas públicas multiescalares devem ser aplicadas afim de ser combater a desigualdade social. Tais políticas não devem ser pautadas somente no aspecto econômico, como os programas de transferência de renda (bolsa família, por exemplo.); mas também em outros aspectos como educação e saúde de qualidade que permitam a população em geral se desenvolver sem maiores obstáculos. 

Dentre os 3 aspectos citados (educação, saúde e economia), o que mais avançou segundo os dados foi a educação. Isso pode ser conferido através dos últimos resultados do IDEB brasileiro, embora ainda há muito o que melhorar nesse quesito. Soma-se a esses esforços programas criados pelo governo brasileiro como o PRONATEC. 

Apesar dos dados animadores e "estarmos no caminho certo" como aponta o relatório. É óbvio que ainda há muito a ser feito para que a desigualdade seja cada vez mais reduzida e (utopia) extinta. Contudo, traz certo alento saber que aos poucos ela vem sendo diminuída e da maneira certa... 


Os dados e demais informações podem ser conferidos clicando neste Link.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário