Pesquise No Blog

Loading

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

ONU reconhece legitimidade do governo de transição da Líbia

A ONU reconheceu na semana passada o governo de transição na Líbia como representante legítimo do país. 

A Líbia vem sofrendo há alguns meses com uma intensa guerra civil entre "rebeldes" e as tropas leais do ditador Khadafi na tentativa de tirá-lo do poder e encerrar uma ditadura que dura décadas no país. 

O Curioso dessa notícia é como a ONU age rápido quando certas questões atendem aos interesses dela... Enquanto tem governo provisório sendo reconhecido rapidamente, tem território tentando se legitimar como país e lutando pelo reconhecimento da ONU há décadas e até agora nada... 

Mas é aquilo, cabe avaliar o que convém a ONU... Ou aos EUA... 

A Organização das Nações Unidas (ONU) reconheceu nesta sexta-feira 16 o Conselho Nacional de Transição (CNT) – comandado pela oposição ao presidente da Líbia, Muammar Khadafi – como governo provisório e representante legítimo do país.
O reconhecimento foi obtido por 114 votos a favor, 17 contrários e 15 abstenções. A decisão vai permitir que o presidente do CNT, Mustafa Abdul Jalil, participe da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York, que será aberta no próximo dia 21.
A medida é um importante passo do CNT em busca por legitimidade internacional – o conselho é considerado por cerca de 60 países como o governo legítimo da Líbia. O governo do Brasil ainda não reconheceu o conselho.
O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, disse em várias ocasiões que o governo brasileiro aguardava a posição da ONU para definir sobre o CNT. Porém, o Brasil mantém um interlocutor permanente com o conselho, o embaixador Cesário Melantonio Neto.
A presidenta Dilma Rousseff, Patriota e mais cinco ministros participarão das reuniões da Assembleia Geral da ONU na próxima semana, em Nova York.

Extraído de cartacapital.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário