Pesquise No Blog

Loading

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

"Vende-se ar engarrafado"

Aproveitando que as últimas postagens foram sobre a COP, hoje vamos falar sobre algo que se achava inimaginável e, para alguns, até motivo de piada, mas que se provou ser uma triste realidade, embora com um certo quê cômico. 

Depois de, pela PRIMEIRA VEZ, a cidade de Pequim declarar alerta vermelho em relação à poluição da cidade, uma empresa chinesa começou a vender ar engarrafado do Canadá. A novidade, que parece absurda, logo pegou o gosto dos chineses e todo o estoque já foi esgotado na empresa. 

Facetas exploradoras, aproveitadoras e cruéis do capitalismo à parte, esta notícia, curiosa para não dizer outra coisa, nos convida a refletir sobre alguns questionamentos para o nosso futuro e o das gerações que nos sucederão. 

A primeira delas diz respeito a enorme cara de pau, na falta de um termo melhor, das autoridades da cidade de Pequim em ligar o alerta vermelho para a poluição da cidade, quando, já à época das olimpíadas, o nível de poluição nas áreas de competição, inclusive em Pequim, era 102 vezes acima do considerado aceitável pela ONU. 102 VEZES!  É só agora eles vêm dizer que o nível é alarmante?

Além disso, começamos a perceber, nas pequenas coisas, como esse acordo que vem sendo costurado na COP é de extrema importância para o planeta. Precisamos urgentemente de medidas globais para reverter esse quadro de poluição, agravamento do efeito estufa, aquecimento global, alterações climáticas e etc...

Do contrário, estaremos fadados a um cenário apocalíptico onde a guerra não será pelo petróleo, mas pela água. E isso já ocorre em alguns lugares, como no Oriente Médio, por exemplo, só pra citar um deles.

Contudo, fica um pouco difícil de você buscar soluções para um problema global quando nos deparamos com notícias como essa aqui.   

É de se revirar de raiva um discurso desse. Principalmente quando um símbolo da luta contra o desmatamento faria aniversário hoje, se estivesse vivo. 

Perdão, Chico Mendes, perdão. Mas a luta continua!

Aliás, o Google está prestando uma bela homenagem a este símbolo da luta contra o desmatamento. Vale a pena conferir. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário