Pesquise No Blog

Loading

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

A Cabeça-D´água

Todos os anos, principalmente no verão, muitos turistas costumam buscar pelo litoral, mas nem todos. 

Alguns preferem as áreas montanhosas onde podemos encontrar cachoeiras abertas ao banho e a visitação. Contudo, estes locais escondem um fenômeno, por vezes silencioso, mas que pode ser mortal: a Cabeça D´água.

Geralmente elas ocorrem quando, na parte alta dos rios, o volume de água ultrapassa sua normalidade, o que normalmente ocorre em eventos de chuva, e esse volume acima do normal forma uma "onda" que carrega tudo o que vê pela frente. 

Para não ser pego de surpresa, alguns sinais podem ser notados sobre este fenômeno:

  • A presença de nuvens cinzas no alto das serras, pode ser um indicativo de chuva.
  • Um número excessivo de folhas descendo o rio, pode ser outro sinal. 
  • A coloração das águas também pode ser um indicativo. Costumeiramente a água de lugares assim é de coloração verde (podendo haver alterações de acordo com especificidades locais), mas se ela começar a ficar amarelada, também pode ser indicativo de chuva na parte alta dos rios.
  • Outro sinal que não deve ser ignorado é das pessoas que residem no local. Por conta de vivências das mesmas com o fenômeno, se você for alertado sobre o risco de uma possível cabeça d´água, o conselho deve ser seguido. 
  • Há também as defesas civis dos locais, que podem emitir alertas através de seus funcionários ou mesmo de sirenes. 

Nem toda cabeça d´água é igual, mas como forma ilustrativa da força deste fenômeno deixo aqui um vídeo de uma cabeça d´água registrada em Guapimirim-RJ. 



  

Nenhum comentário:

Postar um comentário