Pesquise No Blog

Loading

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

A herança maldita da era Bush


Com sua doutrina maldita de eixo do mal e da guerra preventiva, Bush invadiu e ocupou diversos países do Oriente Médio alegando a manutenção da paz no mundo - leia-se interesse no petróleo produzido por esses países que alias é principal matriz energética dos EUA - deixando um rastro de crueldade e sangue... Pois bem, o senhor Bush se foi, mas parece que sua herança maldita perdura no Oriente Médio e as consequências disso vêm se mostrando cada vez mais...



Dois caminhões-bomba destruíram a Chancelaria e o Ministério da Fazenda, matando 95 pessoas e ferindo pelo menos 563 dentro da Zona Verde de Bagdá, tida como a área mais segura do país. Onze oficiais foram presos por terem permitido a entrada do caminhão.

Ficou exposto o quanto são ilusórias a normalização e pacificação supostamente obtidas em 2008. Desde o início do ano, já são mais de 800 mortos e 2 mil feridos. A retirada dos EUA deve, mesmo assim, prosseguir sem mudanças. Com ou sem tropas, a invasão parece ter destruído por décadas as perspectivas de paz e estabilidade. Como também de produção regular de petróleo, objetivo evidente da intervenção e de seus financiadores.

O Afeganistão não vai melhor. O Taleban e sua insurgência crescem após oito anos de ocupação e as eleições pouco fazem por legitimá-la: reduzidas a candidatos pró-americanos, tiveram comparecimento inferior a 50% em média e menos de 10% nas regiões mais conflituosas.

Reportagem extraída do site cartacapital.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário