Pesquise No Blog

Loading

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Fim da OEA ?


Parece que a OEA (Organização dos Estados Americanos) parece estar perto de seu fim ou então se enfraquecerá intensamente com a criação de um novo organismo composto pelo países latino-americanos e os caribenhos que pretende reforçar a união entre os mesmos deixando os norte-americanos de fora. 



Não acredito que os EUA simplesmente olharão isso com bons olhos e deixarão passar. Assim como a Rússia, herdeira da antiga URSS, criou a CEI para não perder a soberania que tinha sobre os países da antiga república socialista, com certeza os EUA vão tentar alguma cartada para que sua soberania permaneça no seu dito "quintal". Talvez seja fortalecer ainda mais a OEA, talvez seja minar a força desse novo organismo... É esperar pra ver...






PLAYA DEL CARMEN, México (Reuters) - Os países da América Latina e do Caribe concordaram nesta terça-feira em criar um novo organismo diplomático que não inclui os Estados Unidos, numa cúpula do Grupo do Rio que deixou expostas as fissuras que ainda dividem a região.

Depois que muitos afirmaram que a Organização dos Estados Americanos (OEA) fracassou em suas tentativas para integrar a região, os países concordaram com as linhas gerais para estabelecer o bloco que busca uma voz única em fóruns multilaterais sem um papel dominante de Washington.

"Decidimos constituir a Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos como espaço regional próprio", disse o presidente do México, Felipe Calderón, na última sessão da cúpula ocorrida no balneário mexicano de Playa Del Carmen.

"A Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos deverá prioritariamente estimular a integração regional com vistas à promoção do nosso desenvolvimento sustentável, promover o acordo político", acrescentou.

O organismo reunirá os países do Grupo do Rio e da Comunidade do Caribe (Caricom) e funcionará em paralelo à OEA, criticada em seu papel de guardiã da democracia regional após os esforços infrutíferos para reverter o golpe de Estado em Honduras.

Fontes diplomáticas disseram que levará um tempo para redigir os estatutos do organismo, que poderá começar a vigorar em 2011. O Grupo do Rio e a Caricom seguirão mantendo seus encontros programados em separado.

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, ao lado do presidente cubano, Raúl Castro, exortou em várias ocasiões para que se dissolvesse a OEA.

Mas a cúpula, que será encerrada nesta terça-feira, ocorre em meio a uma persistente crise diplomática entre Colômbia e Venezuela, os países que mais marcam a divisão entre direita e esquerda na região.


Extraído de msn.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário