Pesquise No Blog

Loading

sábado, 28 de agosto de 2010

A boa tacada de Obama

O segundo país mais poluidor do mundo, o primeiro é a China, acaba de dar um grande passo para começar a perder essa posição neste infeliz ranking. O governo dos Estados Unidos irá investir bilhões em energia renovável pelos próximos anos; talvez visando reduzir ou em longo prazo substituir o uso de sua matriz energética, o petróleo. (Cabe aqui lembrar que, por muitos anos ainda, o petróleo ainda será utilizado. Portanto, quero dizer com substituição da matriz energética apenas o uso principal pelo país da uma outra fonte de energia, no caso a renovável, utilizando assim, em menor escala, o petróleo) O fato é que o país pretende dobrar sua produção de energia limpa até 2012 e isso é um grande passo para a redução dos poluentes emitidos pelos país.












Os investimentos do governo dos EUA deverão dobrar a capacidade de geração de energia renovável do país até 2012, segundo informou um relatório da Casa Branca divulgado nesta terça-feira, 24. O documento deverá ser apresentado oficialmente pelo vice-presidente, Joe Biden, e pelo secretário de Energia, Steven Chu.
A administração Barack Obama está investindo US$ 100 bilhões em projetos de ciência e tecnologia como parte da Lei de Recuperação aprovada no ano passado. Esses investimentos incluem, além de energia renovável, projetos para construir veículos elétricos, expansão do acesso à banda larga, entre outros. Obama disse em outra ocasião que a iniciativa faz parte de um plano para mudar a economia dos Estados Unidos e transformá-lo em líder na produção de energia renovável, o que ele acredita ser o futuro.
Obama e Biden têm viajado pelos Estados Unidos durante o verão local, promovendo os esforços da administração para estimular a economia. Ao mesmo tempo, ambos enfrentam fortes críticas de que os gastos do governo não estão contribuindo para criar empregos e tirar o país da crise econômica. As informações são da Dow Jones.


Extraído de msn.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário