Pesquise No Blog

Loading

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Número de domicílios alugados sobe em relação aos domicílios próprios

Segundo dados do IBGE, o número de domicílios alugados aumentou em relação aos que são próprios. Contudo, o número deste último é maior em relação ao primeiro. Mesmo assim é um dado que se chama bastante atenção pois pode ser explicado pelos seguintes fatores: 
1) A redução de créditos a população para este tipo de fim. Com a crise de 2008/2009 muitos bancos privados deixaram de conceder créditos para o financiamento da casa própria, ou quando concediam, os juros eram absurdos e as garantidas mais absurdas ainda. O que levou muita gente a desistir do sonho da casa própria.
2) Ainda nessa onda da crise, só os bancos do governo é que continuaram a conceder crédito à população. Mas nem toda a população possui os pré-requisitos necessários para se enquadrarem no perfil daqueles a quem os bancos concederiam os créditos. Muita, mas muita gente ficou de fora. Partindo assim para o Aluguel.
3) A especulação imobiliária, mesmo que não atinja cada ponto do país ela também leva sua parcela de culpa nesses resultados pois encarece o preço dos imóveis e assim muito não conseguem adquirir sua casa própria.
4) Programas como o "feirão" Caixa da casa própria ou o programa "minha casa, minha vida" do governo do Estado do Rio de janeiro, aí em escala mais local, também contribuem para esses números. No caso da Caixa por causa do motivo N° 2 acima apresentado, já no caso do segundo programa a questão é a de ter que se privar de escolher o local de sua moradia, pois ao aderir a esse programa você só poderá habitar um domicílio que o programa disponibilizar pra você e muitos não se sujeitam a isso, já que geralmente esses domicílios ficam em lugares afastados dos grande centro urbanos. 


Embora a casa própria seja maioria no total de domicílios no País, o ritmo de crescimento no número de casas ou apartamentos alugados no País foi mais forte do que o avanço no número de domicílios próprios de 2008 para 2009, segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira, 8, em sua Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2009.
De acordo com o levantamento, em um universo estimado de 58,5 milhões de unidades domiciliares, foram registrados 43,136 milhões de domicílios próprios em 2009, em torno de 73,6% do total. Mas o volume representa um acréscimo de apenas 0,6% contra o apurado em 2008. No entanto, ao se investigar o número de domicílios alugados, este foi de 9,952 milhões no ano passado, cerca de 17% do total, mas 4,3% superior ao registrado em 2008.
Entre as localidades pesquisadas pelo instituto, a região Norte foi a que apresentou maior proporção de casas próprias em 2009, com 78,7% do total de domicílios naquela localidade, seguida por região Nordeste (76,2% do total); região Sul (76,1%); Sudeste (71,8%); e Centro-Oeste ( 65,4%).
Já em casas ou apartamentos alugados, a região Centro-Oeste apresentou em 2009 a maior participação deste tipo no total de domicílios, com 21,4% no total; seguido por Sudeste (19,1%); Sul (15,4%); e Nordeste (14,3%).
O instituto informou ainda que, em 2009, é possível notar uma redução na parcela de domicílios com cinco moradores ou mais. O porcentual de domicílios que se encaixavam com cinco moradores, no total de unidades domiciliares, recuou de 10,8% para 10,6%, de 2008 para 2009.

Extraído de msn.com.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário